h1

Ser feliz pra quem?

9 de Junho de 2015

em-busca-da-felicidade

Resolvi voltar… Sabe, depois de receber centenas de pedidos de ajuda de internautas decidi estar aqui e cá estou… rssss pra falar sobre um assunto que é líder na minha página de comentários: a felicidade. A maioria das pessoas que me procura vem com a mesma pergunta: devo me separar? Minha resposta é automática: querida ou amigo não posso te falar que sim nem que não porque no fim das contas, quem vai chorar no travesseiro sozinha ou sozinho às quatro da manhã é VOCÊ. Então, da próxima vez que me fizerem essa pergunta vou responder com outra: você é feliz pra quem?

Diversas mulheres me escreveram dizendo que não tomavam a decisão pelo divórcio para manter a felicidade dos filhos… Será? Será que viver em um ambiente de brigas e instabilidade traz alegria pra alguém? Alguns homens me escreveram questionando o divórcio por conta da traição… Outras esposas me confessaram estarem infelizes no relacionamento… E porque esses cidadãos não colocam fim no que acham errado? Simplesmente por medo da pressão da sociedade…. Certamente por indisposição ao novo, ao desconhecido, ao desafio… E aí eu repito a pergunta: Você é feliz pra quem?

Não jogue no seu marido a culpa de não ter um relacionamento bacana, a culpa na maioria das vezes é dos dois, que pararam de tentar… Não coloque nas costas de seus filhos uma responsabilidade que é sua: manter o ambiente e o cenário de uma casa de família livre de conflitos e agressões… e principalmente, não esconda de você essa resposta… Quando você souber responder que é feliz pra você mesmo, a escuridão vai desaparecer e as ideais com certeza vão clarear… Seja mulher ou homem o suficiente para tentar consertar o que tem conserto… e passar por um obstáculo se for necessário… Uma esposa que admite que é feliz pra ela sabe ouvir o outro e respeitar… Uma mãe que confessa que busca a felicidade própria está fazendo o bem aos seus filhos, porque mais feliz, ela traz harmonia e estabilidade em casa, e assim por diante… É como uma corrente do bem… E você, é feliz pra quem hoje?

POST de retorno INTEIRAMENTE dedicado a minha amiga irmã Gisela Rao, do BLOG Vigilantes da Autoestima – a única mulher que é feliz pra ela, e mais pelo menos uma centena junto…. Calma eu explico: ela é feliz fazendo o bem e isso sabe fazer melhor do que ninguém!

Anúncios
h1

Por que vivemos esperando o telefone tocar?

7 de Agosto de 2013

telefone-relacionamento-esperando-ligacao-mulher-1346974916535_300x300-3

Essa é uma pergunta que sempre recebo das internautas de plantão. Simples: nós mulheres construímos um castelo de conto de fadas ao encontrar ou conhecer um suposto parceiro, sem dó nem pé no chão, claro! Quantas de vocês não pensaram, depois do primeiro encontro, em como ficaria lindo o seu nome com o sobrenome dele ou se ele seria um pai bacana? Pelo menos 99,9% das mulheres faz isso! Hello?????

Planeta Terra chamando!!!

Gente, enquanto nós já estamos escolhendo o sabor do bolo do casamento depois do primeiro jantar com o futuro parceiro, eles só estão preocupados em escolher em qual motel vão nos levar no segundo… Isso quando não fazem as contas de quanto há de gasto para completar o “serviço”… Olha só:

R$ 220 jantar razoável para duas pessoas

R$ 100 bom vinho

R$ 30 camisinhas variadas

R$ 250 uma boa suíte de motel

Já mostrei em uma matéria no UOL que a maioria dos homens pensa SIM com a cabeça de baixo meninas então atenção pra que o príncipe não vire sapo, aliás, LAMENTO INFORMAR QUE NÃO EXISTE PRÍNCIPEEEEE!

Em breve farei o comparativo do quanto nós, mulheres mortais, gastamos ao aceitar um convite para jantar! Beijos!

h1

Leitora mais que especial

6 de Julho de 2012

Gente, hoje reservei o espaço para uma amiga que acaba de entrar em meu coração… Uma leitora que mora bem longe, mas que me tocou com sua história e carinho…. É a Maria José de São Luis do Maranhão… Ela me procurou pq tinha se separado e estava difícil superar… conversamos bastante por email e eu mandei um livro autografado para que a ajudasse…

Ela me permitiu colocar alguns pedaços dos emails que trocamos e aí vai…

Oh Renata foi Deus quem me deu a oportunidade de te conhecer, pois tem me ajudado deveras.

Obrigada por tudo,principalmente pela sua atenção e bondade.

Você é um ser iluminado. Terei o maior orgulho ter sua literatura e ainda mais autografada. Meu muito obrigada.

Renata minha querida, recebi hoje o livro e você não imagina quão foi a minha felicidade. Mil beijos,mil bênçãos, mil abraços e um milhão de obrigados.

Estava muito ansiosa por esse presente e que Deus continue a lhe abençoar.

Já estou no 12º capítulo e adorando! Já está fazendo uma grande diferença na minha vida.

 Esse livro é tão bom que o li em dois dias,demais. Queria mais. Amei. Recomendo.
MINHA QUERIDA MEU MUITO OBRIGADA. POR TI E OUTROS LEITORES VALEU CADA NOITE SEM DORMIR OU INVESTIMENTO DE TEMPO NESSE TRABALHO, ME PRIVANDO MUITAS VEZES DE LAZER, DA FAMÍLIA OU ATÉ DE DESCANSO! BEIJO NO CORAÇÃO!     
h1

Rir de relacionamentos também faz parte

27 de Fevereiro de 2012

Então selecionei algumas mensagens que recebi no Face que são, no mínimo, hilárias….

Não preciso nem comentar…. rs

Realmente eles são de Marte e nós de Vênus rsssss

Essa é impagável kkkk

 

fofo….

 

A mais pura verdade parte 1 a missão…

 

 

A mais pura verdade parte 2 a vingança

 

Fechando com chave de ouro…. kkkk bjs a todos

h1

Bate papo gostoso sobre como superar a separação

31 de Janeiro de 2012

Esta participação que fiz no Mulheres (um pouco antiga) é muito boa e esclarece dúvidas sobre o período posterior ao rompimento. Se eu fosse você não perdia por nada! É SÓ CLICAR NA FOTO!

 

 

h1

Seu relacionamento tem potencial para ser duradouro?

24 de Janeiro de 2012

“E foram felizes para sempre”. Será que essa frase faz parte de sua vida conjugal? Seu relacionamento está no caminho certo? E se não estiver, tem como fazer algo no presente que altere o futuro? Essas e outras perguntas não saem da nossa cabeça, principalmente quando passamos por alguma dificuldade na vida a dois. “Quem nunca repensou o casamento ou namoro? Na verdade, o que eu digo em consultório é que o melhor não é imaginar em como estarão amanhã e sim, ter no momento, atividades saudáveis que reguem aquela relação de maneira a torná-la cada vez mais cúmplice, gostosa e profunda”, diz Eliete Matielo, psicoterapeuta clínica especializada em relacionamentos afetivos.

 

Após 10 anos de atuação na área de relacionamento amoroso, a especialista afirma que alguns sinais já são dados no início do relacionamento. “A mulher monta na sua cabeça um castelo de ilusões, quando percebe em algum ponto uma incompatibilidade de gênios ou ideias. Diferente do homem que é objetivo, ela idealiza o sonho do parceiro ideal e isso prejudica o entendimento do casal e sabota a durabilidade da relação, consequentemente, já que gera expectativa por parte de um e frustração do lado do outro”, diz.

 

Eliete cita quatro dicas que podem ajudar o casal a prolongar a relação, de maneira agradável:

 

1-    Tchau, rotina! “A mulher precisa aprender que o fato de casar-se não é sinônimo de desleixo. A maioria delas, depois que se casa, deixa de se cuidar e coloca a vaidade de lado. O parceiro sente isso e ambos perdem um pouco do desejo. Isso não pode acontecer. Se você quer um relacionamento duradouro, invista em surpreender ao outro, em ser vaidoso, em cuidar-se e cultivar carinhos”.

2-    Dê asas à imaginação. “O sexo é parte vital no relacionamento e os homens, principalmente, dão muita importância a esse quesito. Por isso, invista em novidades que agradem ambos os lados. Comece comprando uma lingerie mais ousada, depois um creme para aplicar a dois e finalmente, um brinquedo. Dessa maneira você demonstra para ele que está investindo no relacionamento, que é uma pessoa aberta a experiências ao seu lado, ou seja, acaba passando a mensagem que ele não precisa procurar fora já que tem alguém criativo a seu lado”.

3-    Mostre-se flexível. “O grande segredo de um relacionamento está em equilibrar atitudes. O que seria do amarelo se todos preferissem o vermelho? Nada de ser radical, você pode ser flexível e gentil vez ou outra para agradar ao parceiro ou parceira e ganhar com isso. Essa conduta só alimenta a felicidade entre os dois, já que o outro sabe que você está abrindo mão de algo porque sabe o quanto aquilo é importante para ele ou ela. Não há mal em ceder de vez em quando, acredite!”.

4-    Respeite a individualidade. “Geralmente os casais se desentendem por não absorverem que, mesmo estando juntos, precisam de momentos individuais de diversão ou lazer para que a vida social avance e aconteça também o desenvolvimento humano. A mulher pode e deve ir ao salão ou compras com as amigas e o homem necessita encontrar os amigos para tomar uma cerveja ou jogar futebol. Permitir isso só torna o relacionamento mais forte e prazeroso”.

h1

Quer saber mais sobre amantes?? Assista!

22 de Janeiro de 2012

Bate papo quente sobre AMANTES no programa MANHÃ GAZETA