h1

Como saber se chegou a hora de se separar?

13 de Abril de 2011

É claro que para tomar uma decisão importante como essa, você precisa ter certeza. Alguns sinais podem te ajudar a saber se o relacionamento está indo para um desmembramento ou não. A ausência de sexo é sem dúvida nenhuma um alarmante, mas você precisa notar se isso é uma fase ou virou regra na vida do casal.

 

“Ficamos sem nos beijar por quase um ano e chegou um momento em que a falta de carinho era normal entre nós. A rotina, a chegada do segundo bebê, problemas financeiros e a correria do dia a dia, além do meu inesperado ganho de peso devido a uma depressão oculta, contribuíram para tudo. Só enxerguei que precisava me tratar e tratar do meu casamento quando tive certeza que ele me traia. Aí, corri atrás”, diz J. A., dentista, 29 anos, que quase se separou, mas conseguiu retomar a felicidade a dois, depois de perceber os problemas e conversar com o parceiro.

 

Segundo terapeutas, não existe uma fórmula mágica. Tudo depende muito de um diálogo que deve existir entre os dois e, principalmente, de conhecimento interno de cada um. Às vezes é preciso sair um pouco da história e se colocar como expectador mesmo. “Costumamos achar que o amor morre quando paramos de receber, mas ele já está morto bem antes, quando paramos de oferecer. Tanto é que, para decidir se voltamos ou não, naquelas infindáveis conversas cheias de exigências, achamos que a relação só pode continuar se o outro fizer certas coisas”, afirma Gustavo Gitti, autor do livro Papo de Homem, da Editora BlogbBooks e criador do blog sobre relacionamentos lúcidos: http://www.nao2nao1.com.br.

About these ads

64 comentários

  1. Meu namorado ele é muito ciumento ele nao gosta das minhas amigas nao gosta que eu uso saia nem shorts i eu queria saber o que eeu fasso com elee que a gente briga dee mais mais eu nao consigo larga dele eu tenho medo o que eu fasso?


    • Alana… pense no seguinte: se já começou assim querendo te controlar com suas roupas, imagine como seria depois do casamento? Você precisa ter uma conversa séria com ele e se não melhorar ou não gostar mais dele, peça ajuda a familiares e amigos e rompa sim. Não vale a pena ficar com ninguém por medo, concorda? E vc deve ser jovem e tem uma vida inteira pela frente! Beijos e boa sorte!


      • kkk olha eu bem atrasada neste comentario,,mas eu sou casada á tres anos e meio com uma pessoa tenho uma filha de 2,5 .. amo muito ele.. mas agente tem uma vida a 2 terrivel.. agente briga todos os dias não tem um dia que agente passe bem,ate pra comprar comida agente briga a minha filha de 2,5 já começa a mandar parar de brigar minha vida tá horrivel e eu não tenho coragem de separar…


      • Linda, em primeiro lugar esta a filha de vocês – se a situação está ficando tão insustentável, você deve conversar sinceramente com seu marido e resolver uma maneira de suavizar porque uma criança de dois anos e meio crescendo nesse cenário não é saudável e vcs tem essa responsabilidade, não tem jeito… bjs e boa sorte


  2. Estou com muitas dificuldades no meu casamento, acredito que esteja na hora de dar um basta, porém me falta coragem, pois ele é extremamente dependente de mim, e eu já não aguento mais sentir o mundo em minhas em meus ombros, E também por outro lado sinto muita pena dele, durante três anos ele sofreu com um problema de saúde, mas agora que se recuperou e a doença está controlada, ele se acomodou, se acostumou com o papel de vitima e não quer saber mais de nada que seja ligado a responsabilidades e compromissos, sindo que ele adoeceu mais agora sou eu quem sofro com as sequelas dessa sua doença. Preciso muito de uma orientação. Obrigada!!!


    • Só posso te dizer uma coisa: nada de ficar com alguém por dó ou pena e SÓ VOCÊ pode saber se quer se separar ou não… Boa sorte, bjs!


  3. sou casada á 7 anos tenho uma filha de 4 anos .desde o começo o meu marido menti e já me traiu uma vez que eu sei ,mas ele diz que vai mudar mas nunca muda ,em releção ao dinheiro ele não tem juizo gasta e gasta sem pensar no amanhã vivo tentando conversar sobre isso e sobre tudo ,quase não fazemos sexo um carinho muito raro não temos dialago quando tento conversar ele não da bola e muda de assunto,trabalha direto nunca tem tempo para a familia e nem para filha ,estou cansada de tudo isso ,não temos conviança um ao outro não sei o que faço ,penso em me separar mas gosto muito dele e penso em minha filha sem o pai ,isso acontece desde que me casei ,preciso de um conselho se alguem puder me dar eu agradeço.


    • Cáia fóra antes que vemmais filho!!!


      • vivo a mesma coisa só que a nove anos, ja nem sei mais s gosto ou não tudo ficou muito confuso.


  4. Sou casada há 14 anos, em 2009 decobri que meu marido me traía, segundo ele era só virtual, mas enfim, conversamos e decidi dar mais uma chance, ocorre que alguns meses depois descobri que ele continuava mantendo carontato com a fulana, mais uma vez, fiquei com ele. Mas agora a situação está insustentável, pois depois disto, nunca mais confiei nele, sempre penso que ele está me traindo novamente, quero colocar um ponto final nisto, pois não acho que seja possível recuperar a confiança.


    • Não tem jeito. Ou vocês conversam e você perdoa de vez e nunca mais desconfia ou não continuam juntos… Não tem como. Ou há uma conversa séria que dá um ponto final ao assunto ou você vai viver pro resto da vida com a sombra da traição ao seu lado. Só você pode definir o que fazer e medir o quanto existe de amor para levar ou não a relação. Boa sorte. Bjs.


  5. Olá Renata! Como vai?
    Não estou crendo que achei este blog, escrevi no Google ” como saber se chegou a hora de separar” e caí aqui…desesperada com esta dúvida que tomara Deus, você possa me ajudar.
    Moro com meu marido há 10 anos e temos uma filha de 3. Ele já vinha de um casamento, com filha, tem 54 anos, eu 40, nunca havia me casado e muito menos tenho outros filhos. No início foi tudo ótimo, mil maravilhas, com o tempo ele se mostrou próximo ao que se mostra hoje e eu, inocente, achei que com uma criança as coisas fivariam diferende…ledo engano, ficou pior e muito.
    Ele é o tipo de pessoa ranzinza, agressiva verbalmente ( do tipo que gosta de humilhar as pessoas, saca?), insensível com o próximo, meio casca grossa, acha que tem o rei na barriga e que sabe mais do que todo mundo, vive me chamando de anta, burra, não me apoia em nada, acha que pagando as coisas para mim já está fazendo muito…mais outras mil coisas que eu até aguentaria, se ele não estivesse começando a ser grosso com nossa filha. É complicado, pois ele é um ótimo pai, brinca muito com ela, dá banho, cuida, se preocupa, sei que a ama mas, quando perde a paciência se torna muito rude e eu tenho medo que isso atrapalhe o desenvolvimento afetivo dela.
    Nossa, estou tão confusa…eu sei que sentirei sua falta, afinal eu o amei muito ( não sei semainda o amo), além dele me dar um padrão de vida que nunca tive pois sempre fui pobre. Não temos nada demais, apenas uma casa, carro, algumas viagens mas, ele me dá segurança e isso é muito importante para mim devido ás coisas que já passei na vida mas, fico pensando se não estou presa a uma pessoa que me desvaloriza por eu mesma estar me desvalorizando…puts, estou tagarelando com o teclado..rs.
    A verdade é que eu não tenho profissão, tenho que cuidar da minha filha de 3 anos e não sei se sou capaz disso sozinha…que coisa louca está o meu cérebro, não paromde pensar numa solução para isso, só sei que preciso de forças para tomar uma decisão tão séria…fora o fato de’u não estar feliz…o sexo então, até rola mas, é muito ruim…não sinto afeto mais da parte dele…queria muito alguém para conversar sobre isso mas, não tenho.
    Vou comprar o seu livro para saber o que vc fez para consegur..

    Beijo e obrigada!


    • Oi querida, primeiro de tudo você precisa se amar antes de qualquer coisa. O fato de não ter profissão dificulta sim mas não torna impossível. Tanta gente não tem profissão mas se vira nos 30, vendendo Avon ou Natura, fazendo artesanato, encarando um emprego para aprender uma função, enfim, nunca é tarde. Até porque qualquer tipo de atividade que você exerça vai abrir um pouco seus horizontes e também fazer com que você se permita novas experiências, tenha contato com outras pessoas e cresça como ser humano. Não posso dizer se deve ou não se separar, apenas que nunca é tarde para recomeçar e que você deve antes de mais nada, procurar autoconhecimento para entender o que realmente VOCÊ QUER COMO MULHER e o que verdadeiramente sente pelo seu parceiro. Boa sorte e grande beijo!


      • Tenho uma situação parecida a sua Eliane. Tenho 34 anos estudei até a 8ª série e depois aos 27 anos fiz supletivo para terminar o ensino médio. e meu marido tem 49 é engenheiro mas, não tem emprego, trabalha em casa., estamos juntos há 20 anos. Temos uma filha de 16 anos e um filho de 12. Ele não teve outra esposa mas, teve uma namorada que o deixou, a qual ele gostava ( gostava?) muito. Sempre tolerei as agressões psicológicas. Tá tudo bem e de repente por um motivo bobo ele faz um escândalo tremendo, Eu sei que não sou perfeita e já cometi muitos erros. Nunca o trai ou lhe dei motivos pra ter ciúmes de mim, acredito que ele também nunca me traiu, mas a vida não é só isso. Não é porque ele não bebe, não me trai, não fica por ai com amigos, que eu tenho que continuar tolerando seu comportamento. O pior é que ele fala horrores pra nossa filha, e isso esta comprometendo sua saúde.
        Não sei como dar um basta nessa situação, não somos ricos, e a coisa é ainda mais difícil porque agora vivo fora do Brasil, não temos família nem amigos por aqui. Sinto que tenho que fazer algo por meus filhos. É muito triste escrever sobre isso, é a primeira vez que o faço. Desejo sorte a voce Eliane, não sei como esta sua vida agora, e não acho que voce deva guiar-se por experiências alheias, mas fique atenta a sua filha, pense no bem estar dela. A minha filha é uma ótima menina tranquila gosta de estudar e é escoteira, mas esta deprimida, não tem amigos, e pra completar agora descobrimos que tem ovários policísticos. Meu marido tem perfeita noção de tudo que faz e se culpa por ela, mas não consegue mudar de atitude.
        Também gostaria de ter alguém pra conversar.
        Um beijo. Eliane sorte e Renata, obrigada por ceder esse espaço.


  6. Renata , preciso de sua ajuda :
    Moro com um rapaz a 6 anos e tenho um filho lindo com ele de 4 anos . Nossa estrutura familiar é boa mas ele não demonstra nenhum carinho por mim . O sexo é constante e muito bom , acredito que ele nunca me traiu mas ele nunca me elogia , não me beija e dificilmente faz algo pra me agradar , muito pelo contrario até o dialogo é inexistente quando o assunto somos nós dois .Recentemente ele tem sido estupido comigo e sempre tem crise de ciumes . Penso que se aguentar agora ele vai ser cada vez mais rispido comigo e não quero isso pra mim …. naõ sei o que fazer ou pensar : Quando penso no fim me vem uma tristeza enorme , principalmente pelo nosso filho


    • Querida, você precisa repensar a relação: ele NUNCA demonstrou carinho por ti ou de uma hora pra outra deixou de ter? Isso é importante para analisar o caso. Na verdade, você precisa colocar na balança quanto esse relacionamento faz mal para você e seu filho porque de nada adianta ficar junto se for para ficar brigando. Eu não posso dizer a você separe ou não separe. Você precisa pensar lá no fundo do seu coração ainda o que sente, conversar com o parceiro e seguir sua intuição feminina. Converse, às vezes ele está com um problema que não quer te contar mas acaba descontando de outra forma. Tentar nunca é demais, principalmente quando há uma criança envolvida mas te digo também que filho não segura casamento, então, o melhor é analisar com calma, conversar e tentar mudar.


  7. Estou com problemas, me ajudem ! Estou casada há três anos e meu casamento se tornou péssimo a partir do momento em que eu e meu esposo viajamos com minha sogra. Minha sogra durante a viagem me desrespeitou muito e passei a ter aversão á ela. Meu esposo como é muito apegado á mãe, virou as costas pra mim e sempre fica do lado da mãe. Meu esposo passou a me criticar muito, me humilhar e isso me deixa muito triste, pois não sou uma má esposa, só não gosto das atitudes da mãe dele. Ele já chegou a dizer que prefere a mãe dele do que a mim. Estou querendo me separar pois me sinto humilhada e desvalorizada. O que faço ?


    • Parece que seu marido não cortou o cordão umbilical.. Só posso te dizer que ninguém merece fazer programas direto com sogra, cunhada ou papagaio pq isso sempre dá problema no final. Acho que você deve pesar realmente o que acontece, ele deve ter dito da preferência durante um momento de raiva… Saiam só os dois, planeje uma viagem, afaste ele um pouco da mãe e mostre como a convivência do casal pode ser bacana. Você não pode separar por conta de outra pessoa (a sogra)… Só se separe por você, se estiver infeliz, mas NINGUÉM pode te dizer SEPARE OU NÃO pq no fundo querida, quem vai chorar sozinha abraçada ao travesseiro é você. Então, força na peruca e dê um up nesse relacionamento! Beijos!


  8. Sou casada á 13 anos , temos um filho de 10 , que é a paixão do pai .. em 2005 tivemos uma separação por conta de uma outra , ficamos 8 meses separados , quando ele resolveu voltar , aceitei pois sempre o amei muito e achei que deveriamos tentar , mas dai em diante as coisas mudaram muito , ele queria ficar casado comigo mas ao mesmo tempo ser livre , ter uma vida livre de cobranças , poder sair e conhecer pessoas ” mulheres ” novas , e me diz ao tom de brincadeira ” Pense pelo lado bom , não to te traindo você sabe de tudo que eu faço , eu vou mas eu volto ” , Só que agora eu cansei de tudo isso , não consigo mais ficar disfarçando que não ligo , que não tenho ciumes , sinto falta de carinho , de beijo na boca de sexo gostoso . Tenho plena noção de que não sou mais aquela jovem de antes, hoje tenho 38 anos , pouco fora de forma , mas SOU MULHER tenho minhas vontades , quero me sentir amada e querida .As vezes acho que ele me trata como um amigo , é grosseiro , não sabe mais fazer um elogio , não me olha mais com carinho , ta sempre ligado em sites de encontros , através de um destes sites ( msn ) descobri que me traiu de novo.Quando voltamos após separação em 2005 realizei uma fantasia dele que era de transar com 2 mulheres , arrumei uma amiga e pronto aconteceu , dai de novo , de novo , mas coloquei um basta , pois não me sinto a vontade em vê-lo com outra , não quis mais saber disso , e agora passado anos ele me culpa pelos problemas da nossa relação pelo fato deu não fazer nada para agrada-lo ( ou seja só consigo agradá-lo se tiver outra mulher entre nós ??? Preciso de ajuda , de uma opinião , não sei o que faço , gosto dele , mas quero e preciso mudar tudo isso , to sempre desanimada com tudo , ele consegue fazer com eu tenha vergonha de mim mesma , e que eu me sinta culpada por tudo de errado que acontece em nossa relação SÓ NÃO QUERIA ME SEPARAR ,


    • Querida, só posso dizer uma coisa: ninguém pode fazer com que você sinta vergonha de si. Se você não se amar primeiro, quem vai? Procure ajuda profissional, há muitos psicólogos que atendem casos como o seu, primeiro você precisa encontrar o seu eixo para depois colocar o seu relacionamento em ordem. Se não fizer isso, a vida vai passando, os problemas acumulando e o quadro se agrava. Daí quando você acorda é tarde. Bola pra frente, procure ajuda profissional e autoconhecimento para que entenda que não é tudo culpa sua e se ame mais! Beijo no coração e obrigada pela audiência!


  9. Minha esposa bebe todos os dias, quando chego em casa muitas vezes nem dá boa noite, fica isolada, e eu tenho que chamar para ficarmos juntos. Mas, assim como algumas vezes parece que vai melhoras, ela cai em um vazio, que eu não consigo entender. Ela diz que está triste mas não fala o que é. Acho que nem ela sabe. O problema é que tudo gira em torno da eterna insatisfação dela. E eu já não sei mais o que fazer. Para complicar temos uma filha de 5 anos. As vezes penso que se não fosse pela filha eu já teria me separado, já que não ganho nada nessa relação. Alguma luz?


    • Você não pode se culpar pelo que o outro escolhe. Com certeza para ela ter chegado a esse ponto, vocês já não tinham diálogo faz tempo, não é mesmo? Já fizeram terapia de casal e principalmente ela, já fez terapia? Ela precisa saber o que a faz infeliz e vocês precisam entender que dessa maneira estão fazendo uma terceira vida mais infeliz ainda, da criança envolvida… Conversem, procurem ajuda profissional e tentem mais uma vez. Essa é minha dica. Beijo e continue acompanhando!


  10. Ola estou casada ha 11 anos não tenho filhos, comecei a pensar no assunto mas meu esposo não demonstra muita vontade, para falar a verdade também desisti no momento. Durante esses 11 anos me comportei como mãe dele, devido a sua infantilidade. Ele tem 31 anos é trabalhador mas se comporta como se tivesse 10. Um dos maiores problemas é a bebida, e agir como solteiro querendo acompanhar seus amigos. Devido esse vicio já tivemos muitos problemas. Me separei varias vezes mas ele sempre promete que vai mudar. E u não sei o porque ainda continuo nessa relação sou Bacharel em CIÊNCIAS Contábeis não exerço essa profissão ma tenho outro trabalho. Não vou negar que o amo , mas ultimamente estou desanimada e pretendo me separar definitivamente. Eu sei que tentei de tudo para ajuda-lo a superar seus problemas, na verdade estou deixando a minha vida de lado por ele e acho que não é justo. Eu estou com 30 anos e quero ter um filho mas tenho medo de sofre ainda mais prejudicar meu filho. Preciso de uma opinião dese já agradeço.


    • Querida Eliana, eu não posso dizer faça isso ou aquilo, só você pode pensar em uma solução. O que posso te falar é que sou mãe de uma bebê de 9 meses, que é uma bênção mas também dá muitíssimo trabalho, viu? E a carga maior sempre sobra pra nós mães… Então procure conversar com seu marido, uma hora, a turma dos solteiros vai se desfazer ou pq cansam ou pq acabam se casando também… O ideal é conversar e não ache que filho segura casamento pq é bem o contrário viu, se vcs não tiverem cumplicidade e envolvimento podem até separar por conta disso pq a mulher fica com muitas atribulações… O que posso te dizer? antes de querer ter um filho reflita se essa pessoa será um bom pai pra criança, se é com ele que vc deseja realmente firmar compromisso pq te falo, ex-marido a gente pode tratar como “quase falecido” mas pai do filho da gente não… isso é pra vida toda… boa sorte, bjs!


  11. Estou casado há 11 anos. Temos dois filhos. Mas meu casamento com minha esposa não vai bem desde o início. Ela sofre de depressão e não tem vontade de nada, não consegue terminar nenhum projeto. Não tem amigas. Nãos se dá com os pais, com a família. Fomos criados numa cultura religiosa e por isso fomos levando o casamento assim mesmo. Vieram as crianças e eu sou louco por eles. Não consigo imaginar um dia da minha vida longe dos meus filhos. Acredito até que, se me separar, a guarda ficaria comigo. Mas temo pelo que pode causar nos pequenos. Não sei mais o que fazer. Sofro demais nessa relação onde não tenho companhia, carinho, sexo… é como se ela fosse uma agregada em casa. Nem mesmo as coisas de casa ela tem vontade de fazer. Sai para trabalhar, volta, dorme, vai para o trabalho e assim segue a vida. Todo o cuidado com a casa, os filhos (e teu também trabalho, e muito) ficam comigo. Ela reluta em fazer terapia. Será que não há saída? Penso todos os dias em em encontrar uma amante… em arrumar uma razão que me tire a frouxidão e me faça seguir adiante. Gostaria de ouvir opiniões sobre meu caso.


  12. Olá , bom , namoro a 9 meses , e a 3 moramos juntos na casa da minha mãe , ele só pensa em voltar pra cidade onde ele mora , mas não volta porque diz que é por minha causa , que quer ficar do meu lado , e trabalhar , hoje como ele mora com minha mãe ele se sente meio mal , por isso diz que deve trabalhar o dia todo para juntar dinheiro e comprar uma casa pra nós dois , até hoje ele trabalha em shopping e só quer gastar dinheiro em tênis , o horário de sair do serviço é as 17h30min , mas chegou em casa as 21 horas , sem avisar nada , chega toma banho , come e vai pro computador ver se tem outra vaga de emprego , não tem carinho , nem romance , não sei pq estou com ele , alias , acho que me acostumei com ele , mas queria do fundo do coração que ele me desse mais atenção e levasse a serio suas promessas , o que devo fazer? já conversamos sobre isso ate discutimos , pois ele sempre esta certo e eu errada . me ajudem , obrigada desde já .


  13. Olá,querida Renata…
    Me casei com o meu primeiro namorado, e eu também sou a primeira namorada dele. Comecei a namorar aos 14 anos e quando nos casamos estava com 21 anos…
    Namoramos 07 anos, quando ainda namoravámos cheguei a notar seu temperamento forte, mas como tinha um relacionamento dificil com o seu pai, que a meu ver abusava da sua autoridade…ainda o achava vítima de diversas situações….
    Quando ele tinha crises de nervosismo eu tinha pena e achava que quando casássemos na nossa casa tudo seria diferente…
    Me enganei completamente…casei e conheci uma outra pessoa, totalmente descontrolada, nos momentos de raiva, chuta as coisas, dá muro nas portas, quebra coisas… diz que é um desgraçado, que tudo de ruim só acontece na vida dele….grita pq chove, grita pq faz sol…
    Sexo, nem vou entrar em por menores, acho que ele é assexuado, não sente falta…pode passar dias, meses…sem ter nada…
    Apesar de tudo isto, ainda o amo.
    Temos 15 anos de casado e um filhinho de 03 anos, que ama o pai.
    Ele é preocupado em suprir as necessidades da casa…brinca com o filho…
    Mas é de mal com a vida, pessimista, estressado…é difícil suportar.
    Minha família é totalmente contra a separação, minha mãe acha que todo mundo tem defeitos.
    Mas os defeitos dele me causam depressão.
    Sinto uma tristeza muito grande, um arrependimento pelo que fiz com minha vida, me sinto burra, ingênua de não ter percebido quem ele era…
    Ele não gosta de falar sobre os problemas, quando falamos me promete que vai mudar…mas nunca muda.
    Do jeito dele, acho que me ama.
    Ele tem muitos amigos que conhecem o temperamento dele, ou o descontrole emocional, a sua loucura…e dizem que fora isto ele é uma boa pessoa, só que eles não moram com ele.
    Um coisa eu sei…infelizemnte, ele não vai mudar…não mudou até agora.
    O que faço????


  14. OLá, sou casada há 3 anos, não tenho filhos, mas eu e meu marido brigamos muito por que ele se acha na responsabilidade de sustentar os irmão dele que já são todos adultos e trabalham, moramos nos fundos da casa deles, e as contas de água e de luz, quem paga é só o meu marido e quendo eu vou reclamar ele acha ruim e me fala um monte de coisas humilhantes, pelo fato de eu morar no qu eé deles. Estou cansada de tudo isso, meu marido não conversa comigo sobre nosso casamento , para aliviar o strresse de tudo isso ele vai jogar bola com os amigos e eu resolvi fazer faculdade, por isso nos afastamos muito, já nem nos beijamos mais á não ser na hora do sexo que é 1 vez ao mês. Ele me xinga muito e quando eu ameaço que vou embora e seguir outro rumo ele diz que está arrependido e começa á me fazer carinho e se diz arrependido, e não me deixa ir, isso me deixa com muito medo, eu sino que ainda o amo, mas eu quero mais viver assim, e estou sem coragem de ir embora porque não tenho nehum parente aqui em São Paulo, o que faço, me ajude por favor, medê um conselho!


  15. Tenho 28 anos e sou casada há 05 anos, mas meu casamento sempre foi de aparência, fazemos sexo raramente, e é sempre frustrante pq ele nunca consegue me satisfazer. Quando tento conversar sobre o assunto ele diz que não sabe pq reclamo tanto ja que ele me dá tudo do bom e do melhor… Mas que vai tentar mudar…. E com isso ja se passaram 5 anos e nada. So conversa comigo sobre dinheiro e trabalho… Tenho pensado seriamente em arrumar uma amante ou em me separar, mas ainda gosto muito dele, é uma pessoa muito boa… As vezes acho que ele me ve mais como uma mãe ou amiga. Não sei que atitude tomar? alguém pode me ajudar?


  16. Eu amo muito minha mulher (e meus filhos) e tenho com ela um filho de 2 anos e meio e outro de 6 meses que ainda está na barriga. No começo eu era mais egoísta, fazia só o que me interessava independentemente da opinião dela. Mas nunca a traí e sempre fui muito carinhoso. Hoje em dia, passei a focar minha vida e minhas escolhas em fazer ela e meus filhos felizes. Inclusive o sexo, atualmente anda melhor do que nunca. O único problema que vejo ainda (pois sempre existiu) é que quando eu tenho algum projeto a realizar e preciso do apoio dela, ela até diz que me apoia mas de verdade não me apoia e ainda me enche de cobranças. E quando eu percebo essa falta de companheirismo eu fico muito grilado e acabo sendo estúpido e grosseiro com ela, chegando até a falar que nem precisamos de conversar mais porque não tem nada que ela possa dizer que seja mais do meu interesse. Talvez se não tivéssemos filhos eu já teria pedido de verdade a separação, pois mesmo amando uma pessoa, falta de apoio é algo que aos poucos vai destruindo qualquer coisa já construída. Hoje mesmo eu ía sair de casa, mas acabei desistindo para pensar mais um pouco, o que eu faço?


  17. tudo que eu precisooo!!!! Olá , eu sou casada a 3 anos e tenho uma filha de 2 anos, de uns tempos pra cá meu relacionamento com meu marido esta muito difícil, não conseguimos conversar mais sobre nossos problemas. Eu fico o dia inteiro com a minha filha em casa e ele trabalha, eu fico muito mais muito estressada com as coisas da casa e com a minha filha que é muito teimosa, E meu marido tb é muito nervoso, então chegou uma hora em que a gnt não se entende mais. Nos relacionamentos Íntimos ele não esta mais com o pique todo, é só uma vez e pronto. e eu nunca me satisfaço. Isso já me cansou muito. Carinhos entre a gnt não existe mais, beijos só na hora que ele vai trabalhar que me da um selinho de meio segundo. Nossa situação financeira tb esta abalando tudo. O que eu faço, pelo amor de Deus. Espero ansiosa sua resposta.


  18. Boa tarde !

    Tenho 32 anos estou casada a 10 anos , mais de 1 ano pra cá venho sentindo vontade de separa , meu marido me humilhar muito em palavras me faz me sentir ridicula … quando ele bebe se altera de mais , me machuca muito em palavras ,fala autos palavrões , morro de vergonha dos meus visinhos que escuta tudo ja dei varias oportunidade para ele mudar , mas sempre acontecer a mesma coisa, e para completar descobri que ele estava usando droga dentro de casa , espera eu dormir para se droga , não temos relações frequente , pois tenho muito rancor no meu coração, as vezes sinto vontade mas e muito raro, sou uma mulher guerreira sempre trabalhei , ao contrario dele , viver a mais de 1 ano na minhas costas, pago aluguel , carro e toda dispesa de casa , o dinheiro dele nunca vem completo e muito inresponsavel.
    Temos uma filha de 04 anos ela e especial e louca pelo pai .. fico preocupada com minha filha , tenho medo dela sofre ,ele tmb e um otimo pai carinho cuidadoso, não tennho que reclamar , não acho certo quando estamos brigando peço para ele para por causa da nossa filha que fica olhando assustada mas ele não liga.
    Acho que minha vida sem ele seria bem melhor , mas tenho medo , não sei o que fazer tenho muita vontade de separar , mas não tenho coragem , e não sei se amo ele ou acustumei com ele. me ajuda por favor ?


  19. Namoro ah 4 meses e ele ta estranho. Quando conversamos ele diz que ta trabalhando muito. Eu via meu namorado todos os dias… Agora tem semana que nem vejo ele. Ele so manda msg se eu mandar… Peço ajuda a vcs, o que faço? Beijos e muito obrigada pela o espaço.


  20. Ola td bem? bom meu caso e assim, namoro a 5 anos e 3 anos que moramos juntos, essa pessoa cm quem eu fui morar sempre foi ignorante e mandão, de vez enquanto tinha um carinho por mim, mais mesmo assim resolvir vim morar cm ele, achando q ele iria melhor e ter responsabilidade, so que aconteceu td ao contraio, nos vms pra uma cidadezinha pequena , no começo foi normal, mais dps de uns meses começei a descobrir uma traiçao dele… so q perguntei pra ele, e cm sempre negou, e eu acreditei… mais por conta do serviço , nos tivemos q nos mudar denovo, e vms p outa cidade pequena tbm, mais cm mais opçao, ele veio na frente e chegando nessa cidade ele começou a enrolar p nao alugar a casa e nisso se passou 2 meses, quando ele alugou , ele mim mandou ir p casa da minha mae antes de ir p essa casa, eu fui achei ele td estranho comigo, e nao saia do pc, mais fui p casa da minha mae, chegando la ele nao deixava eu vir enbora e nem ia mim buscar cm isso fiquei quase 16 dias, dps ele foi mim buscar, quando eu finalmente cheguei na casa. ele começou a mim tratar mal, nao querer sair comigo, e eu ficaca so dentro de casa, e dps quando ia olhar as redes socias ele se declarando por uma fulana aq nesta cidade, e cm o tempo descobriri q ele ja estava saindo cm ela nessa cidade cm se fosse namorados, e o q mais doe q quando descobiri quem era essa pessoa, a mesma q veio aq em casa p mim ajudar a organizar a mudança… e eles ficavam trocados mensagem e quando estava viajando, ela veio aq e ficou cm ele na nossa cama, e fora as outras traiçoes dele, mais ai ele veio cm uma conversa querendo separar de mim, mim mandar de volta p casa de minha mae e tal eu falei q eu nao iria, so q essa menina gostava de outro e voltou pro seu ex, ele ficou cm a cara de palhaço p td a cidade, niguem na cidade sabia q ele era casado a nao ser ela e outras q mim ajudaram, pq ele nao saia e nao sai comigo, ai ele ficou manso comigo, dps q ela nao o quis, mais dps ele começou ficara mim humilhando, mim deixando pressa dentro de casa e ele ia p rua sozinho, ficava cm outras e se eu falasse algo, ele mandava eu juntar minhas coisas e ir enbora, ele nao mim deixe ir na porta de casa, e eu sou nova tenho 20 anos, conhecir quando tinha 15, mais estou casanda disso td, quero viver, ter minhas coisas, trabalhar, ele nao deixa, se eu sair sem ele, ele mim manda ir enbora igual um cachorro… eu nao mereço isso td, falo p ele, mais ele rir mim humilha, mim chama de burra, fala q eu nao sei de nada, sou um capacho dele… mais cansei, cansei totalmente, estou pensado em ir enbora, pra casa da minha mae, mais eu quero os meus direitos, preciso de ajuda, eu choro quase tds os dias, mim sinto sozinha, ele so vivi na rua cm os amigos e nao mim dar atençao, so saio cm ele, e a hra q ele quer… nao casamos ainda, moramos juntos ele tem 28 anos. preciso de uma luz, mim ajuda, mim der um conselho, eu quero ir enbora, nao quero viver aq, mais mim falta coragem, e nao tenho filhos cm ele graças a deus… ele acha q eu sou a sua propriedade.. mim ajude por favor doutora, eu nao preciso disso, mim der uma luz, dps disso td nao sei se o amo mais… espero atenciosamente uma resposta… desde ja obrigado

    solidao…


  21. ola ja tem um mes que meu marido fica estressado com cara de bunda qualquer coisa se irrita e só sabe briga nao sei mais o que eu faço .. sera que ele qué se separar ?


  22. boa noite,me chamo claudia tenho 42 anos tenho uma filha do primeiro casamento que nao quis morar comigo quando fui morar com o atual pois e sim uma pessoa dificil,cheia de marra entende num gosta diço nem daquilo etc…e tal minha filha gostaria que eu voltace com o pai ate um tempo atras nem podia pensar nisso mais de um tempo pra ca ando pensando ate de mais meu casamento tem 3 anos e tumutuadicimo ex mulher 4 filhas ele geniozo uma pessoa posso ate dizer meia fria pois nao e daquela pessoa que esprica as coisas quando a gente fica contrariada sabe e tipo se quizer acreditar acredita se nao pobrema e seu sabe como e,na verdade vi sim estes defeitos no começo seria epocrezia minha se falace que nao vi,so que pensei que mudaria ,te dizendo uma verdade ate que mudou muito,mais nao tudo e enfelismente nao sei se estou feliz vendo minha filha crescer longe de mim,ele num faz nem uma questão dela estar por perto sempre briga ate parece que faz de propozito,sou tambem pavio curto nao levo dezaforo,acho que e pelo fato de ter na cabeça tudo que larguei pra ficar com ele e sentir-me sem valor nao vou te dizer que ele e de inteiro ruim e sim uma pessoa boa de muita fartura e tudo so que nao e da queles homem que procura fazer as coisas para te agradar depende do dia ,e isso tem me tirado a alegria pois nao posso dexar ele avontade pois bebe muito antes era pinga tambem agora nao agora so cerveja mais com poucas ja fala coisas nada a ver desagrada me ,as vezes fala ate coisas que machucão a gente sabe minha filha quaze nao vem pra minha casa e e o que me faz muita falta e ja e por calza dele pois ele nao me ajuda sobre isso ,muito bom em deixar eu ajuda-la em tudo mais so como te falei to vivendo um dilema vc nao acha,ele nao gosta de sair dia nem um pra canto nem um agora deu mania de se for em algum lugar me deixa pra traz e vem em bora nao sei se espero alguma mudança ou parto pra outra ou para o ex .sera que vc pode me orientar por favor obrigada.minha filha me faz muita falta e dificil vc ficar com alguem que na verdade preiza de mais a juda que a gente sei la ele e cheio de historias triste sabe depois te passo algumas pra gente tentar ajuda ele tambem.


  23. oi td bem separei de um namorado mas ñ sei se fiz a melhor escolha mas ele era muito ciumento e nos brigava de maiss.e tou sofrendo de mas sera q eu fiz a escolha errada


  24. Ola…estava procurando uns conselhos e cai no seu blog. Sou casada a uns quatro anos. Mas sempre fomos muito diferentes. Sou quatro anos mais velha e acho q isso sempre atrapalhou. Quando nossa filha tinha 9 meses tivemos uma briga feia e ele resolveu terminar nosso casamento de um ano. Na hora mais dificil ele desistiu de tudo. Depois de um ano resolvemos q queriamos tentar de novo…isso faz tres anos. Mas nossas brigas continuam. Nao acho ele uma pessoa companheira…alem de eu trabalhar muito o dia inteiri, sou eu tambem q cuido de tudo da casa, da filha, das contas etc etc. Acabo ficando super estressada, negativa e arrogante. Ja nao consigo mais pensar nos seus pontos positivos para continuar com ele…mas separacao e complicado e eu sei disso na pele. Tenho certeza de q a grama do vizinho nao e melhor…nao existe ninguem perfeito…mas como saber se esta na hora de seguir em frente? Ou como saber se tem como mudar? Precisava muito de ajuda


    • Querida, só seu coração pode te dar as respostas que precisa… costumo dizer que quando em um relacionamento um começa a fazer mal pro outro, é hora de pensar direito… mas não sou eu que vou dizer faça isso ou aquilo… a única coisa que posso te dizer é que as pessoas não mudam da noite pro dia nem da água pro vinho – elas apenas flexibilizam pelo outro… e por um certo período….. então calma… e ouça o que o coração tem a dizer… você é intuitiva eu sei, vai saber que rumo tomar boa sorte e bjs


  25. Meu marido é apegado á família dele,e eles sempre me detestaram,desde quando começamos a namorar eles fazem tudo pra nos separar.Eles agem contra mim,me humilham,me desprezam e ele sempre fica do lado deles.Sou eu q sou a ruím,e eles são ótimos na boca dele.Mas eu juro q depois q nos casamos fiz o q pude pra minha relação c eles fosse legal,mas eles continuam agindo assim e agora chutei o balde e decidi evitá-los de vez.Meu marido esconde as coisas de mim,pede até empréstimo no banco pra irmã dele e não me conta nada,eu fico sabendo pelos outros.
    Ainda não temos filhos ,ele odeia crianças,somos casados a 7 anos e tb não temos casa pq ele não quer.Larguei a faculdade pra casar c ele e não tenho profisssão.Ele me trata bem,mas quando o assunto é a família dele,filhos ou nossa casa,ele fica sempre na dele e enrola dizendo q ainda não é hora…


    • Amada, nunca é tarde pra começar. Em primeiro lugar, nada de não faço nada por causa dele… precisa fazer algo por vc então volte já a estudar hein… Se ele fica na dele é porque algum problema tem no assunto família, converse com ele e procure saber o que é diga que vc quer ajudá-lo apenas isso – e viva a sua vida com ele sem se envolver com boatos ou intrigas de família… tente voltar a estudar só isso já vai provocar uma mudança grande na sua vida e no seu modo de pensar já que vc vai se ocupar com algo que vai lhe dar prazer ok bjs boa sorte


  26. ESTOU PRECISANDO DE AJUDA..ME CHAMO MARINA TENHO 32 ANOS E UMA FILHA DE 2. EU NAMOREI O MEU MARIDO POR 8 ANOS E DEPOIS ACABEI ENGRAVIDANDO E ACABAMOS NOS CASANDO (SEMPRE ACHEI QUE ELE NÃO QUERIA SE CASAR COMIGO). ESTAMOS A 2 ANOS CASADOS E ME MUDEI DE MINHA CIDADE PRA MORAR COM ELE EM OUTRA CIDADE LONGE. DESDE QUE A MINHA FILHA NASCEU EU NÃO TIVE MAIS VONTADE DE TER INTIMIDADES COM ELE…FAÇO PARA QUE ELE NÃO PROCURE FORA DE CASA, MAS MESMO ASSIM ELE RECLAMA QUE EU NÃO FAÇO DIREITO, QUE NÃO TENHO CRIATIVIDADE…MAS COMO VOU TÊ-LA SE NÃO SINTO VONTADE? ANTES DA GENTE SE CASAR, ELE ERA DIFERENTE COMIGO, AGORA ELE SEMPRE ME POE PRA BAIXO, SEMPRE ME HUMILHA, ME PÕE PRA BAIXO E SEMPRE TRATA MAL MINHA FILHA….NÃO TEM PACIÊNCIA COM ELA SABE….EU NÃO AGUENTO MAIS ESSA VIDA….TENHO VONTADE DE JOGAR TUDO PARA O ALTO E IR EMBORA…O MEU MEDO É QUE MINHA FILHA SOFRA, POIS ELA GOSTA MUITO DO PAI….EU TENHO MEDO DE ME SEPARAR E ACONTECER ALGO DE RUIM, SABE? O QUE EU DEVO FAZER? EU QUERO IR EMBORA MAS O QUE ME PRENDE AINDA É A MINHA FILHA….EU NÃO TENHO CORAGEM DE ME SEPARAR….PREFERIA QUE PARTISSE DELE ESSA DECISÃO…TENHO MEDO DE ME ARREPENDER E DE SOFRER, SABE….


    • Querida, eu passei por algo parecido quando tive minha filha é normal mas tem limite… na verdade você primeiro precisa recuperar sua autoestima para depois tentar salvar seu casamento – é normal os homens terem essa reação de raiva pq eles não entendem o que a gente passa e enqto mãe tudo sobre pra nós – porém prioridade um pra vc é achar algo que lhe dê prazer seja dançar, seja caminhar, seja o que for… vc recuperando esse tipo de prazer, vai renascer em vc outro e outro… aos poucos retome o interesse pelo sexo – comece convidando o marido pra um jantar a dois – ele vai mudar de atitude, aposto – chame uma babá e saia com ele por uma noite – beba um vinho pra relaxar e só o fato de fazerem diferente já vai ser uma aventura pra reativar a vida a dois ok? bjs e boa sorte


  27. ola tenho 31 anos e estou morando com uma mulher de 37 anos ha 3 anos e nosso relacionamento esta muito, para baixo ela é gerente de loja e muito ocupada eu sou empresário comerciante e tem epocas que não temos tempo para nada, já conversamos sobre isso mais a rotina está acabando com nossa relação faziamos sexo até 3 vezes na semana hoje 1 a 2 vezes no mês tem horas que ela fica longe e pensativa mau fala comigo quando pego ela no trabalho antes falava de tudo, tem horas que imagino que ela não se importa comigo, ou que não sou atraente como antes sou branco 1.75 musculoso olhos verdes educado, aos domingos quando ela está de folga vai ao salão de beleza arrumar o cabelo fazer as unhas mais para ficar em casa tem horas que fico imaginando que ela tem até outra pessoa pois tem homem sem vergonha mais hoje em dia está tudo igual gostaria de alguém me aconselhar pois sou jovem e sei que posso recomeçar de novo e não quero que ela fique com medo também de tomar a decisão de terminar que eu acho que agora é a melhor solução.


    • Querido precisa reconquistar a moça… a leve pra jantar um dia… aposto que faz tempo que vc não a elogia e posso dizer que essa dupla jornada judia de qquer mulher, principalmente depois dos filhos – nos comentários vc não colocou se vcs tem filhos… a chame pra fazer algo diferente, a surpreenda com uma viagem… tente salvar a relação antes de apenas sair dela bjs e boa sorte


  28. ola passo por uma situaçao dificil moro junto a dois anos mais ñ comfiono meu marido elé ja chegou a morar na rua por causa da ex mulher sofreu mto na mao dela se ñ tivese comigo talvez ainda estaria na rua mas ouve mta fofoca dizendo q ele tva atras dela inclusive ela mesmo confirmou tentei terminar varias vezes mais ele ñ aceita e sei q é verdade as fofocas pq fui atras mas ele nao asume ele amava ela sei da historia tda de vida dele mais nao consigo conf ontem ja brigamos


  29. hoje passo pela mesma situacao que a solange passa. gostaria de me comunicar com ela para conversarmos .sou casada a mais de 10 anos e ele fez a mesma proposta para mim suportei ate onde eu pude depois nao consegui mais.


    • entre em contato pelo emaill


  30. entre em contato comigo pelo meu email .


  31. olá tenho 19 anos e meu esposo 34. nos conheçemos em fevereiro de 2011/ e casamos em junho do mesmo ano. nesse tempo tivemos 2 abortos, ele se acidentou de moto. coisas que nos trouxeram grande sacrifico.
    eu não trabalho fora, e o dinheiro que ele ganha é o suficiente para ambos.
    me sinto sózinha, esqueçida e ignorada. como ele passa o dia fora e a noite nem sempre pode ficar em casa, quando ele chega eu estou transbordando de saudade de vontade de conversar, mas ele está no face, ou lendo jornais. sei la..fazendo qualquer coisa que nao me envolva. eu tento conversar mas a unica coisa que ele me diz é que esta cançado de estudar,trabalhar e chegar em casa e não ter tempo. dificilmente nos tocamos,passamos semanas sem nos beijar e nunca rimos. nos cobramos muito, e eu não suporto ouvir suas criticas me sinto um lixo. não sinto desejo de mais nada, de ter filhos,profissão, ficar ao lado dele. (meu coração o quer,mas,minha mente não). ja foram tantas palavras,tanta mágoa nesses 2 anos que não sei o que fazer, me sinto muito sózinha,sei q sou egoista.mas a unica solução é nos separamos.


    • Amada, primeiro precisa resolver essas perdas dentro de vc – procure uma terapia pra te ajudar a levantar-se – depois precisa procurar autoestima e uma ocupação – ninguém aguenta ficar em casa o dia todo sem fazer nada – assim que vc achar prazer de novo em fazer algo vai recuperar esse sentimento bonito dentro de si e automaticamente a relação de vocês voltará a esquentar – na verdade sugiro até terapia de casal… depois me conta bjs boa sorte e brigada


  32. Ola….sou casada a dois anos e meu marido começou a a ficar agressivo depois de um tempo. Só que ele era agressivo, eu saia de perto chorando, e depois ele vinha todo carinhoso. Então depois de uns meses fui embora para casa dos meus pais, mas em uma semana me arrependi e voltei. MAS então tudo voltou como antes, as ignorâncias, as brigas, ele já chegou apegar meu cabelo no banheiro e me chamar de vagabunda, ele entra em sites de relacionamentos, Nos separamos a umas semanas atrás, ficamos dois meses separados, e tanto ele falar que ira mudar eu acreditei e voltei, mas ele continua ignorante, agressivo, me ofende com palavras, não sei mais o que fazer, moro sozinha aqui, minha família esta a 1800 km de distancia, Tenho 23 anos e sem filhos. Não trabalho por que sai do meu emprego duas vezes já por causa das separações. Não estudo por que tenho medo de nos separarmos e eu ter que largar tudo…o que faço…to perdida…ele so faz as pazes anoite por que quer sexo antes de dormir…Por favor me responda


    • Linda, vou ser bem sincera: o que você espera mais dessa relação? Das duas uma, ou ele começará a te agredir fisicamente direto ou você vai engravidar e ficar com um bebê de colo enquanto ele te desrespeita – ele faz isso porque? já pensou em questionar o motivo? ele bebe qdo faz isso? e o principal:nada de não estudo ou não trabalho por causa dele – não jogue nos outros responsabilidade sua – sabe o que acontece daqui uns anos? vcs se separam e vc fica com uma mão na frente e outra atrás nada disso! volte a trabalhar, a se valorizar como mulher, a estudar e depois resolva sua vida no relacionamento – é essa a prioridade, combinado? bjs e boa sorte!


  33. oi boa noite preciso de um conselho aos 15 anos eu casei,muito nova por sinal mais não sabia o que era compromisso de verdade.uma relação a dois nesse periodo 15 e 16 trai meu marido.tive uma filha aos 18 anos foi ai que eu começei a amadurecer quando eu fiz 20 anos eu contei a meu marido da traição porem com brigas e angustia de mim ele me perduou,porem tudo que eu faço que ele não gosta em relação a tudo ele lembra dessa traição e toca no assunto e eu não aguento mais se ele me perduou pra fica lembrando do passado.sei que não é facil esquecer uma traição;mais tudo supera se ele me ama como ele diz bola frente vida nova eu me arrempedi muito mais era tarde de mais e a coisa ja estava feita.muita confusão e eu não aguento.quase todo dia é o inferno.as vezes eu me arrempendo de ter contando.estou com 21 anos e nossa relação sem brilho.o que eu devo fazer.


    • Amore vc precisa botar ele na parede e dizer: ou você perdoou ou não… pelo jeito não… diga que errou que todo mundo tem esse direito que foi um erro em tantos anos porém se vcs continuarem assim não será só um erro em anos serão anos errados entende? se ele perdoou, tem que esquecer e pronto. se não, cada um que procure sua vida adiante e pronto… entendeu? depois me conta bjs e boa sorte


  34. Estou casada há 1 ano e meio. Nunca tive uma briga sequer com meu marido; nós namoramos por 6 anos, e nunca brigamos, sempre tivemos uma relação muito aberta e companheira.

    Recentemente, passei a questionar se o amo realmente, como um companheiro para a vida, ou se apenas como um amigo/irmão muito parecido comigo. Não tenho desejo mais por ele. Para piorar, sinto, no momento, um sentimento enorme por um amigo (que igualmente não consigo definir se é o amor de um casal, ou apenas daquelas pessoas que estão sempre ali com você).

    Meu marido reparou no meu comportamento e me questionou. Quando falei em separação, foi um drama. Ele agora fica me agradando constantemente, e já disse que sou tudo na sua vida, que me ama desesperadamente. Eu gosto demais dele, não consigo me perdoar por fazê-lo sofrer desse jeito, mas não tiro a idéia de separação da cabeça.

    Pensar que eu posso tentar uma vida com outra pessoa também coloca tudo em xeque.

    O meu medo é estar me excedendo, estar tomando a decisão muito rápido. Eu já pensei de esperar um tempo, ver se essa minha incerteza passa, se meu desejo por ele volta… mas se não voltar, vou ter de fazer ele passar por tudo isso de novo.

    Eu gostaria de ouvir sua opinião sobre isso.


    • Querida vc precisa repensar se é o que quer mesmo – na maioria das vezes temos muito mais curiosidade por uma situação nova do que sentimento mesmo… vc quer jogar fora o certo pelo incerto mesmo? Ok vá em frente mas saiba das consequências… precisa ouvir seu coração mas saiba que nem sempre ele é leal ou justo ok e depois me conta bjssss


  35. quando o relacionameto esta desse jeito conversas pode até ajudar mais com tempo pode começar tudo de novo, pense muito bem se vc quer envelhecer com esse homem, pergunte para vc mesmo …bjs


  36. oi bom dia ! sou casada á 6 anos mas o nosso relacionamento já tem 10 anos,já não dormimos mas juntos faz tempo ele colocou um colchão na sala e eu durmo no quarto, já pensei em me separar varias vezes mas não consigo , fora as vezes que ele me agrediu. a ultima vez que isso aconteceu em 2008 quando coloquei ele na lei maria da penha. não sei oque fazer ,vc sabe quando não da mais , vc sabe que a pessoa não ama ,só que eu não consigo sair dessa casa . quero ajuda e preciso de ajuda sinto que vou enlouquecer com essa situação . só é sofrimento. não tenho nem um dia de alegria a alegria dessa casa são os filhos . tenho um filho com ele de 6 anos . e tudo que acontece em casa já esta refletindo no estudo do meu filho. por favor se alguém puder me ajudar agradeço .

    karen dia 14 de junho de 2013


    • Querida, vc precisa em primeiro lugar pensar em seu filho… é muito delicado tudo que me escreveu… tente conversar com seu marido, afinal, vcs tem um elo pro resto da vida… a ajuda só vc pode se dar minha querida, mais ninguém…. pensem que tem alguém que depende de vcs e que é mais importante que os dois.. peça ajuda ao pai para ajudar seu filhote.. boa sorte bjs


  37. Oi Renata, preciso muito ouvir sua opinião: sou casada a 11 anos, temos duas filhas uma de 10 e outra de 06 anos, meu marido é um homem muito sociável, todos adoram ele, trabalha com negócios e assim passa grande parte do dia fora, nao almoça com agente , chega quase sempre tarde e bebe bastante. Acho q me acostumei um pouco com isso, mas é que agora ele esta bebendo quase todos os dias, nao conseguimos conversar qdo ele chega, me sinto sem um companheiro, tudo das meninas sou eu q resolvo…qdo namorávamos tínhamos uma vida sexual excelente, mas depois da gravidez diminuiu muito, hj quase nada…sei q ele é uma boa pessoa, q tem um carinho por mim e ama as filhas. Ele ganha bem mas gasta muito, temos uma vida muito boa, mas ele até hj nao comprou uma casa, moramos de aluguel. Mas a maioria dos dias durmo com raiva e acordo com mais raiva. Nao queria me separar, mas acho q estamos caminhando para isso, tenho pena das meninas, medo de nao encontrar ninguém, de sofrer se o ver com alguém… Mas da forma q estamos vivendo nao da, ele má da razão em relação a bebida e o estilo de vida dele, mas nao muda…qdo esta tudo bem, mesmo sem sexo, fico feliz, mas logo tudo desmorona…


    • Querida, em primeiro lugar vc tem que voltar a namorar… deixe um dia as meninas com alguém e o convide pra jantar… vcs devem recuperar o carinho perdido pra depois conversarem sobre o relacionamento. Esse é o primeiro passo. Qto a morar de aluguel, meu amor, eu moro até hoje… qto a beber, meu marido tbém bebe, enfim, isso é coisa de homem… procure acordar de novo a menina da época que namoravam… se sinta mais feminina, faça uma surpresa pra ele… e sejam felizes, pelo menos uma vez a cada 20 dias vão pegar um cinema e depois um motel… tudo vai melhorar com essa atitude… acredite. bjs e obrigada pela audiência


  38. Estou passando por uma turbulência no meu relacionamento de 15 anos, não aguento mais, estou sentindo muita solidão é não sou vista como uma mulher e sim um objeto para prazer, brigamos muitos e isto esta prejudicando nossos filhos, vejo que ele esta acostumado a fazer as coisas de sua vidinha e deixar passar o tempo sobre o meu o que minha vida esta indo embora,ao mesmo tempo vejo que estou com dividas e estou desempregada com uma bebê,devo aguentar e solucionar meus problemas ou cair fora me ajudem.


    • Querida, só vc sabe o que deve ou não fazer… Nunca, em minha experiência, vou falar pra alguém faça isso ou aquilo sabe pq? no fim, acabamos sozinhas chorando no travesseiro após seguir conselhos dos outros…. e não é por aí… O ideal mesmo é que vc converse com seu parceiro, diga sinceramente o que sente e peça ajuda a ele… esse é o primeiro passo para mudar algo na relação, com certeza… bjs e boa sorte



Deixar uma resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

WordPress.com Logo

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Log Out / Modificar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Log Out / Modificar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Log Out / Modificar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Log Out / Modificar )

Connecting to %s

Seguir

Get every new post delivered to your Inbox.

Junte-se a 25 outros seguidores

%d bloggers like this: